“Política tem que ser o meio para mudar a vida das pessoas”, diz Luiz Ayrton

COMPARTILHAR
Vice de Elmano Ferrer (Pode), o médico Luiz Ayrton (PV) (Foto: Júnior Medeiros/ Portal NO TEMPO)

O candidato a vice de Elmano Ferrer (Pode), o médico Luiz Ayrton (PV), disse que não é político e nem pretende fazer carreira na política. No entanto, ele entende que a politica é o meio, o instrumento para conduzir e mudar a vida das pessoas através da administração dos recursos arrecadados por meio dos impostos.

Luiz Ayrton reclamou que a maioria da população piauiense é vulnerável. “Não pretendemos disputar novo mandato. Não queremos ser como os políticos tradicionais. Não queremos fazer conchavos. Não queremos uma política de aumentar despesas com mais secretarias e coordenadorias ou retirar os deputados eleitos da Assembleia e colocar lá quinze suplentes”, comentou.

Para o candidato, é possível fazer uma politica com decência e apresentar bons projetos que sejam exequíveis, viáveis. Não fazer uma politica patrimonialista ou assistencialista. O principal foco tem que ser o povo. Encontrar meios para transformar esse processo para atender melhor, cuidar das pessoas, arrumar as pessoas.

“Lamentavelmente, o Piauí ainda tem 400 mil famílias dependentes do Bolsa Família. O Piauí pode crescer, mas, para isso, a população precisa ter mais acesso à educação, a saúde. Temos 90% da população dependente do SUS. Apenas 311 mil famílias tem acesso a plano de saúde. Temos que estimular ter mais saúde, ter mais educação e a segurança que a população toda reclama”, adiantou Luiz Ayrton na Teresina FM 91.9.

Luciano Coelho/ Júnior Medeiros

Às 19:44